sábado, 23 de outubro de 2010

sal-doce

Eu rio...
Eu sorrio
e só rio
no meu sorriso
só-riso

mas o que prefiro
são águas salgadas
de minhas lágrimas
do imenso mar que há
em mim. 

2 comentários:

marcioeugenio disse...

o mar, o ar, o sal que arde, qdo se tem feridas, mas tb as cura.

Saudade imensa, vontade de estar

O solitário Jim disse...

belo!!